Trechos em declive

Essa placa é sinônimo de desespero para qualquer organizador de eventos de estrada! E esse texto tem uma única função alertar quem está pedalando dos perigos que representam uma descida na estrada.

1- Você estará pedalando junto com automóveis e caminhões;

2 – Você estará pedalando com pessoas que você não conhece e não está acostumado a pedalar;

3- Podemos ter trechos com buracos no piso;

4- Temos trechos sem acostamento ou terceira faixa;

Então antes de “soltar” os freios reflita se vale apena acabar com seu desafio, por alguns segundo de prazer!?

Alertando:

Ciclistas participantes do Desafio de Gramado:

Muita atenção nas curvas, teremos trechos com pouco ou sem acostamento. Desçam em fila indiana e na lateral direta da pista, conforme indica o CTB.

Sejam responsáveis e UTILIZEM os freios.

É muito importante verificar (manutenção) dos freios para esse evento.

Ciclistas participantes do BRM 300 km – Giro do Vitor2:

Estaremos no trecho da Rota do Sol a noite, verifiquem seus faróis, é muito importante conseguir ver e ser visto neste trecho.

Na edição passada do evento, tivemos uma tarde de calor intenso, chuva no inicio da noite e serração fechada durante a noite, então visibilidade e responsabilidade é muito importante.

No segundo túnel, após o PC 03, temos uma fenda na pista (próximo ao km 148,5 do trajeto), entre o asfalto e o concreto da ponte, é indispensável REDUZIR a velocidade para transpor com segurança essa fenda.

Façam a manutenção dos freios de suas bicicletas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *